sexta-feira, 15 de setembro de 2017

ANIVERSÁRIO DO DIRETOR DA EERP


O Diretor da Escola Estadual Rosa Pignataro, Professor George, hoje, 15 de Setembro de 2017 comemora mais um ano de vida, que Deus o abençoe e proteja sempre.

E os parabéns foram dados onde impera a alegria, tendo em vista que a escola foi toda convidada a assistir o espetáculo do circo "LOS CAMPELLOS", através do palhaço "rolinha" interpretado por Horácio Campello, todos que estavam na platéia cantaram parabéns para o diretor que fez questão de estar com seus alunos na platéia.

Resultado de imagem para circo campellos

Queremos agradecer a Deus por hoje, por você estar completando mais um ano de existência, de vida sábia e progresso. Estamos juntos no dia a dia para melhorar naquilo que trabalhamos, com a certeza de estarmos fazendo as coisas sempre melhor. 

No nosso universo guardamos as pessoas interessantes, algumas bastante especiais e você é uma dessas, e isso nos deixa orgulhosos, porque nos sentimos ávidos de uma aprendizagem que tenha por base o conhecimento daquilo que vamos fazer. 

Temos muito a lhe agradecer, em nome de uma equipe unida, em nome do aperfeiçoamento, que Deus o faça prosperar a cada dia, e que você continue com a garra e a decisão que sempre nos mostrou ter, e que muito contribui para o nosso sucesso.

Parabéns pelo seu aniversário!⁠⁠⁠⁠

São os votos de felicitação de todos que fazem a Escola Estadual Rosa Pignataro!




video

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

EE ROSA PIGNATARO FAZ EXCURSÃO ATÉ A MINA BREJUÍ - CURRAIS NOVOS - RN


No intuito de assimilar os conteúdos da sala de aula com o tema abordado por nossa escola em 2017, “turismo Sustentável para o Desenvolvimento”, a professora Rafaelly Paiva(química) e Jamile Alves (Língua portuguesa) no dia 09 de Setembro de 2017, levaram seus alunos até a  Mina Brejuí, localizada no município de Currais Novos, em região de clima Semi-Árido. Considerada a maior mina de Scheelita da América do Sul.

As turmas contempladas para a excursão foram às turmas do 1º Ano Técnico em Manutenção e Suporte em Informática e 2º ano, tendo em vista que toda programação também estava inserida no plano de Ação do PIP – Projeto de Inovação Pedagógica, durante todo o percurso, os alunos vivenciaram toda uma cronologia histórica, geográfica, política e científica, conhecendo também as riquezas do Estado do Rio Grande do Norte.
A Mina Brejuí iniciou a exploração de suas atividades em 1943, data da descoberta do minério em nosso município. Somente em 1954, a Mina Brejuí foi constituída empresa com o nome de Mineração Tomaz Salustino S/A, sendo concessionário o Desembargador Tomaz Salustino Gomes de Melo.
A mineração em Currais Novos teve o seu apogeu em plena Segunda Guerra Mundial, fornecendo toneladas de minérios às indústrias do aço. Durante esse período, o progresso da sociedade se fez notar através da construção do Tungstênio Hotel, cinema, posto de puericultura, emissora de rádio, estádio de futebol, campo de pouso, colégios, hospital e casa do idoso.
A partir dos anos 80, do século XX, inicia-se o declínio da mineração em consequência da oscilação dos preços internacionais da Scheelita e da utilização de outros minérios para a fabricação de artefatos industriais e tecnológicos, levando a Mina Brejuí a reduzir suas atividades de extração mineral e buscar novas alternativas econômicas.

Atualmente, as minerações do município de Currais Novos estão voltando às suas atividades minerais paralisadas, parcialmente, desde o final da década de 90. Já são mais de 300 empregos gerados até o momento.

Além da volta das atividades minerais, a Mina Brejuí tornou-se nos últimos anos o maior parque temático do Rio Grande do Norte, sendo visitada diariamente por turistas e estudantes vindos de toda parte do Brasil e do Exterior. Mais de 20 mil turistas nos últimos anos.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

DESFILE CÍVICO DA EE ROSA PIGNATARO 2017

Em 07 de Setembro de 2017, a escola Estadual Rosa Pignataro, participou do desfile cívico em Nova Cruz - RN.

Com 66 anos de Tradição, a escola conserva o título de maior Escola da Região Agreste.
Em 2017 a escola conseguiu resgatar sua Banda Marcial, que foi desativada a mais de 15 anos, sob a coordenação do Aluno e Instrutor Xandy, a banda conta com 40 integrantes, que apresentaram uma homenagem ao aluno, ex-integrante da Banda, José Raimundo Candido da Silva, Nascido em 25/09/2000, Foi aluno do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, e que teve sua vida brutalmente ceifada em 13/08/2017. Ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade e companheirismo.



A Escola Também obteve mais uma conquista nos esportes, recebeu o Título de Campeã Geral dos JERN’s, pelo terceiro ano consecutivo.


Contém um quadro de:
·       47 professores
·       41 servidores administrativos
·       8 servidores terceirizados
·       1270 alunos matriculados

TEMA DE 2017: TURISMO SUSTENTÁVEL PARA O DESENVOLVIMENTO

PROJETOS QUE A ESCOLA PARTICIPA EM 2017

·       JOVEM SENADOR
·       PARLAMENTO JOVEM 2017
·       CURSO DESPERTAR (EMPREENDEDORISMO)
·       # QUERO APRENDER (PREPARANDO OS ALUNOS PARA O ENEM)
·       CURSO TÉCNICO EM SUPORTE E MANUTENÇÃO EM INFORMATICA
·       GRUPO DE CAPOEIRA CORDÃO DE OURO
·       PIP – PROJETO DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA
·       FEIRA DE CONHECIMENTOS
·       PROJETO FOLCLORE
·       OBA – OLIMPIADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA
·   OBMEP – OLIMPIADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA DAS ESCOLAS PUBLICAS
·       QUÍMICA DO RISO
.       BRASIL PLURAL

COMO SURGIU O 7 DE SETEMBRO

Para discutirmos o sentido do Desfile Cívico de 7 de setembro precisamos realizar uma contextualização histórica em relação aos usos e significados que foram sendo atribuidos a este evento, bem como contextualizá-lo em relação a quatro conceitos os quais, embora muito semelhantes quanto ao seu uso na linguagem cotidiana, guardam especificidades, e que são NACIONALISMO, PATRIOTISMO, CIVISMO e CIDADANIA.
Comemorações do 7 de setembro aconteciam, de maneira relativamente informal e espontânea, desde a proclamação da República (1889) e originalmente havia apenas um Desfile Militar nas capitais, até porque os primeiros governos republicanos não haviam definido se a grande data nacional seria esta, o 15 de novembro, data da Proclamação da República ou o 21 de abril, dia de Tiradentes.
Foi no primeiro governo de Getúlio Vargas que os estudantes e algumas agremiações e Sindicatos foram agregados ao Desfile.
A “era Vargas”, muito embora possa ser dividida em 3 partes (governo ditatorial, de 1930-1934, governo democrático, 1934-1937 e Estado Novo, 1937-1945), no seu conjunto significa um momento de afirmação do NACIONALISMO, o qual encontrava-se exacerbado na época, em nível global.
Na essência, o nacionalismo é uma ideia, surgida após a Revolução Francesa (1789) sendo que em sentido estrito, seria um sentimento de valorização marcado pela aproximação e identificação com uma nação.
O conceito de Nação, por sua vez, traz consigo valores positivos como a língua e a cultura, o sentimento Nacional, a defesa do território, mas, a exacerbação do nacionalismo, leva à xenofobia (ódio aos estrangeiros) e até a perseguição das “minorias” (pois não compactuariam dos “valores e sentimentos nacionais” da maioria) como aconteceu no nazismo e no fascismo.
O Dia da Pátria, 7 de setembro, só foi tornado feriado Nacional através da Lei 662, de 6 de abril de 1949, quando o Presidente do Brasil era o General Eurico Gaspar Dutra.
Nesta época, notadamente na década seguinte (que foi a época do desenvolvimentismo, da Construção de Brasília, que elevou a autoestima dos brasileiros e da Bossa Nova, que nos projetou internacionalmente), a ideia de NACIONALISMO foi gradativamente sendo suplantada pela ideia de PATRIOTISMO: sentimento de orgulho, amor e devoção à pátria e aos seus símbolos, bem como o amor dos que querem servir ao seu país e ser solidários para com os seus compatriotas.
No intervalo 1949-1964 tivemos desfiles apoteóticos, que agregaram e congraçaram civis e militares, instituições laicas e religiosas, trabalhadores, crianças, jovens e movimento organizado dos Estudantes.
Após 1964, a ideia predominante em relação ao Desfile passou a ser o CIVISMO, entendido enquanto valores e práticas de normatização e harmonização, defesa das instituições e deveres para com a Pátria. Decorrente desta mudança de paradigma, o Desfile perdeu o caráter festivo e foi estabelecido o protocolo para as comemorações deste dia, através da Lei 5.571 de 28 de novembro de 1969, governo da junta governativa provisória de 1969 (generais Aurélio de Lira Tavares, Augusto Rademaker e Márcio de Sousa Melo).
Após a grande movimentação pelas “Diretas Já” em 1984, o movimento dos “caras-pintadas” pelo impeachment de Fernando Collor de Mello (1992), as várias marchas, paradas e mais recentemente as grandes manifestações de rua (junho e julho de 2013) o sentido do desfile converge cada vez mais, em nosso entendimento, para o conceito de CIDADANIA, já que estamos falando de cidadãos empoderados da sua cidade, do seu território, sendo que, segundo Milton Santos, o maior geógrafo brasileiro, o território é o “espaço humanizado”.


Cerimônia de entrega de medalhas do JERN’s na EE ROSA PIGNATARO


A Escola estadual Rosa Pignataro, no dia 05 de Setembro, realizou a entrega das medalhas ás atletas ganhadoras da 47ª Edição dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte – JERN’s, e aproveitou para  promover um encontro com todas as participantes das equipes femininas.


A solenidade foi conduzida pela professora Gilvanise Vitor, contou com a presença dos coordenadores pedagógicos, Narciso Genuino e Renato Lima, juntamente com os pais e mães das Atletas das equipes de Futsal e Handebol Feminino.
As competições da 47ª edição dos JERNs - Jogos Escolares do Rio Grande do Norte, aconteceram entre 18 á 28 de Agosto, onde envolveram escolas municipais, estaduais, Federal e privadas desta região. Nossos alunos abrilhantaram o evento com a conquista do Título de Campeão Geral.
Com muito empenho dentro de quadra e nos campos, os alunos da EE Rosa Pignataro conseguiram ser finalistas em 7 modalidades, sendo 4 equipes com o Medalhas de Ouro (1º colocado) e 3 equipes com Medalhas de Prata (2º colocado).
As Equipes de Futsal Juvenil Masculino, Handebol Juvenil Masculino, Handebol Juvenil Feminino e Handebol Infantil Feminino conquistaram as medalhas de Ouro. Já as Equipes de Futebol Juvenil Masculino e Futsal Juvenil Feminino e Futsal Infantil Masculino, conquistaram as medalhas de Prata.

Ao fim do evento a Professora Gilvanise Vitor fez uma homenagem ao estagiário do curso de Educação Física da UNOPAR, e também colaborador voluntário das equipes de treino da EE Rosa Pignataro, Murilo Alves e as atletas das modalidades Handebol e Futsal Feminino.

CURSO DESPERTAR 2017 NA EE ROSA PIGNATARO

A Escola Estadual Rosa Pignataro mais um ano aderiu ao curso despertar em parceria diretamente com o SEBRAE - RN, em 29 de Agosto de 2017, realizou a abertura do Curso despertar, contamos com um total de 60 alunos inscritos, formando assim duas turmas que ficaram sob orientação dos professores, Narciso Genuino e Andressa Jully.


O Despertar é um curso para os estudantes do ensino médio, que procuram ter mais oportunidades, que sabem o que querem, que têm visão de futuro e, para isso, buscam uma formação que possibilite a construção de um projeto de vida.
O curso Despertar tem como objetivo estimular o empreendedorismo entre jovens estudantes do ensino médio, transmitindo-lhes uma visão de mundo abrangente, para que possam identificar suas potencialidades e descobrir novas oportunidades. 
A metodologia proporciona que os estudantes sejam estimulados a despertar para uma visão ampla do empreendedorismo, que engloba a cooperação, a cidadania e a ética. Ao final do curso, espera-se que eles estejam mais proativos e comprometidos com o seu desenvolvimento e crescimento pessoal e profissional.
O estudante do ensino médio que participar do curso Despertar terá a oportunidade de:
·         Conhecer as características do comportamento empreendedor e identificá-las em si e nos empreendedores de seu convívio;
·         Compreender aspectos essenciais para se desenvolver no mundo do trabalho;
·         Conhecer instrumentos de planejamento que podem ser aplicados na vida pessoal e profissional;
·         Predispor-se a refletir e desenvolver características empreendedores;
·         Aplicar os instrumentos de planejamento com vistas a obter sucesso tanto na vida profissional como em seu crescimento profissional.
O Despertar possibilita ao estudante desenvolver planos criativos para conhecer o mundo do trabalho, aprendendo a vencer as adversidades.
A solenidade de abertura contou com a presença do Gestor da Escola, Prof. George, com a Técnica da 3ª DIRED, Sônia Ferreira, Leila Aline – Analista Técnica do SEBRAE, Daniel Lima (ex-aluno do despertar) e a funcionária da Escola e empresária Rosângela Cilene, houveram palestras sobre empreendedorismo, explicação das ações do projeto e a experiência de quem já participou.

Para finalizar a solenidade foi realizada a entrega de todos os certificados dos alunos que participaram do Curso despertar em 2016.

domingo, 3 de setembro de 2017

JERN’s 2017 – EE ROSA PIGNATARO LEVA O TROFÉU DE CAMPEÃ GERAL PELO TERCEITO ANO CONSECULTIVO

Quatro Equipes da Escola Estadual Rosa Pignataro conquistam o Ouro e outras três Equipes foram Prata.

Entrega do Troféu de Campeão Geral da 47ª Edição do JERN's 2017
A Escola Estadual Rosa Pignataro Jurisdicionada a 3ª DIRED, foi campeã nas categorias, Futsal Juvenil Masculino, Handebol Juvenil Masculino, Handebol Juvenil Feminino e Handebol Infantil Feminino, na 47ª edição dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte – 2017, Regional Nova Cruz.
As competições ocorreram domingo, 19 à 27 de Agosto, em Nova Cruz - RN. Durante os nove dias de jogos das modalidades coletivas, todas as equipes se esforçaram para obtermos essa grande conquista.
Time de Futsal Juvenil com as medalhas de ouro e expondo o troféu de campeão geral.
O professor de Educação Física e técnico dos times de Futsal, Futebol e Handebol Masculino da EE ROSA PIGNATARO, Ezequiel Geraldo, comentou que o trabalho da equipe foi continuo.
- Nosso trabalho é sempre voltado para conseguir o primeiro lugar. Nosso objetivo sempre é ser campeão. A gente vem batendo records em anos anteriores, e esse ano, mais uma vez conquistamos o título de Campeão Geral do JERN’s da Regional de Nova Cruz. A gente não para. Atravessamos o ano treinando, nunca paramos - contou.

Equipe de Handebol Infantil com as Medalhas de Ouro.
A professora Gilvanise Vitor, Educadora Física e Técnica dos times de Handebol e Futsal Feminino, falou sobre a participação da equipe nos Jogos Escolares, “nossas equipes não mediram esforços e durante todas as competições ganharam de goleada”.

- As meninas se empenharam bastante e deram o máximo delas nas quadras, jogaram com honra e ética, sempre respeitaram os times opostos. Tudo isso foi resultado de muito treino, disciplina, e força de vontade. Agora estamos na expectativa de sermos campeões estaduais na próxima etapa do JERN’s que acontecerá em Natal – RN.
Time de Handebol Juvenil Feminino
Com muito empenho dentro de quadra e nos campos, os alunos da EE Rosa Pignataro conseguiram ser finalistas em 7 modalidades, sendo 4 equipes com o Medalhas de Ouro (1º colocado) e 3 equipes com Medalhas de Prata (2º colocado).
Time de Handebol Juvenil Feminino conquistaram as medalhas de ouro

Time de Futsal Juvenil Feminino, conquistaram medalha de Prata
As Equipes de Futsal Juvenil Masculino, Handebol Juvenil Masculino, Handebol Juvenil Feminino e Handebol Infantil Feminino conquistaram as medalhas de Ouro.
Já as Equipes de Futebol Juvenil Masculino e Futsal Juvenil Feminino e Futsal Infantil Masculino, conquistaram as medalhas de Prata.

Time de Futsal mirim Masculino Foi Vice-Campeão com medalha de Prata
Time de Futebol de Campo foi Vice-Campeão com medalhas de Prata
Time de Handebol Juvenil Masculino foram Campeões conquistaram as medalhas de Ouro
Time de Handebol Masculino no Jogo EERP x CNSC = 7 x 2
Segundo o Prof George, Gestor da EE Rosa Pignataro, Essa foi mais uma conquista da escola, deu muito trabalho durante toda temporada, desde a seleção dos atletas até o momento da finalização dos JERN’s, esse ano só participou das competições os alunos que estavam com as notas acima da média, o que levou todas as equipes, além de terem compromisso com os estudos, também terem compromisso com os esportes. Além da atuação dos nossos Professores de Educação Física, também tivemos a colaboração dos Estagiários de Licenciatura em Educação Física da UNOPAR, Maycon, Murilo e Erika, que se prontificaram em participar dos treinos junto as nossas Equipes, e toda essa parceria e disciplina nos fez, pelo terceiro ano consecutivo, conquistar o título de Campeão Geral da 47ª edição dos JERNs - Jogos Escolares do Rio Grande do Norte da Regional de Nova Cruz.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

EE ROSA PIGNATARO NO PRÊMIO DE GESTÃO ESCOLAR 2017

O Prêmio Gestão Escolar é um reconhecimento do Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed) a projetos inovadores e gestões competentes na educação básica do ensino público brasileiro. O objetivo da premiação é estimular que escolas públicas mostrem o desenvolvimento de suas gestões, além de incentivar o processo de melhoria contínua na escola, pela elaboração de planos de ações, tendo como base uma autoavaliação.

domingo, 27 de agosto de 2017

PROJETO FOLCLORE NA EE ROSA PIGNATARO

No último dia 22 de agosto, a Escola Estadual Rosa Pignataro, na cidade de Nova Cruz/RN, jurisdicionada à 3ª. DIRED, por meio dos funcionários da Biblioteca Professora Arcelina Fernandes promoveram um evento folclórico cultural, por ocasião do Dia do Folclore que se comemora no dia 22 de agosto.
O evento que estava muito bem organizado chamou a atenção dos alunos e promoveu o envolvimento dos mesmos, e o que deveria ser apenas uma ação escolar no âmbito interno foi aberto ao público que foi lá, visitou e gostou, motivo que levou a exposição a ser prorrogada.
O  Projeto Folclore contou com uma Palestra do Professor Fábio Gama sobre medicina popular, que é uma arte medicinal ligada à cultura nordestina; contou com a exposição de objetos típicos da cultura popular, como a boneca de pano;  as pinturas, xilogravuras, as lamparinas, chaminés, panelas de barro e promoveu nomes como o Folclorista Potiguar de renome internacional Luís da Câmara Cascudo que tão bem representa o Rio Grande do Norte e o Brasil.
Além dessas ações também contou com uma exposição sobre Luiz Gonzaga, grande mito da música nordestina e com apresentação cultural, quando estiveram presentes repentistas renomados da cidade como Domingos Matias.
O projeto também resgatou festas populares tradicionais do folclore nordestino como é o caso do BOI DE REIS que foi encenado pelos alunos do Rosa Pignataro, e danças como o Xote das bonecas.
Não podemos deixar de falar dos CORDÉIS que são a forma escrita e rimada de cantar os eventos nordestinos desde tempos imemoriais. A Professora Hosana que também trabalha na biblioteca PEDE, inclusive, QUE OS CORDELISTAS LOCAIS E REGIONAIS QUE QUEIRAM FAZER DOAÇÃO DE SEUS CORDÉIS, MANDE-OS OU LEVE-OS PARA A ESCOLA que os mesmos serão muito bem cuidados, preservados e divulgados junto à comunidade escolar.

A Escola Estadual Rosa Pignataro parabeniza aos bibliotecários, equipe pedagógica e a equipe gestora pelo evento e deseja que mais projetos desse naipe sejam postos em prática junto à comunidade escolar.







quinta-feira, 24 de agosto de 2017

ABERTURA DA SEMANA DA CULTURA EE ROSA PIGNATARO


Em 22 de Agosto de 2017, a Escola Estadual Rosa Pignataro Nova Cruz, fez a abertura do dia do folclore.


O folclore é um conjunto de tradições e costumes populares que são transmitidos de geração em geração. Cada povo possui um tipo de folclore, e sua cultura popular representa a identidade social de cada comunidade. 

O folclore brasileiro é muito rico e diversificado, e inclui lendas, contos populares, brincadeiras, receitas, e até mesmo festas especiais para comemorar as suas crenças. 

A literatura também é um dos fatores que enriquecem o folclore do Brasil. Entre as diversas histórias contadas na linguagem popular estão a do saci-pererê, do Curupira, do Boto, da Iara e muito mais. 

Contamos com a participação da Equipe da Biblioteca, dos professores, Fabio Gama, Valdélia De Barros da Rocha, Rita de Cássia Morais, Ozana de Barros,Lenilde Brito e demais professores.