domingo, 12 de novembro de 2017

ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL ROSA PIGNATARO VISITAM O MUSEU CÂMARA CASCUDO

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre

Estudantes das primeiras séries do Ensino Médio da Escola Estadual Rosa Pignataro Delgado do Município de Nova Cruz, através das ações do Projeto de Inovação Pedagógica – PIP visitam na manhã desta quinta-feira (09) o Museu Câmara Cascudo.
O Museu Câmara Cascudo foi criado em 1960, inicialmente com o nome de Instituto de Antropologia, primeiro centro de pesquisas do Rio Grande do Norte, com atuação nas áreas das Ciências Humanas e das Ciências Naturais. Em 1973, a partir de uma reforma universitária, o instituto se transformou em instituição museal, impondo-se como o maior museu do Rio Grande do Norte e uma das principais vitrines de pesquisas realizadas na UFRN.

Exposições do Museu Câmara Cascudo
O Museu Câmara Cascudo, órgão suplementar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), tem por missão contribuir para uma transformação positiva da sociedade, realizando atividades acadêmicas, educativas, científicas, culturais, artísticas e de lazer.
Com o tema, Turismo Sustentável para o Desenvolvimento o projeto levou os alunos a uma aula de campo no museu Câmara Cascudo e Parque das Dunas.
Cerca de 40 alunos acompanhados pela Professora Auridete e o Professor Renato Soares além do coordenador Pedagógico Narciso Genuino, puderam conhecer o Museu Câmara Cascudo e ainda como ponto turístico, o Parque das Dunas de Natal.
Durante a visita orientada, os alunos conheceram também várias exposições de ossadas dos animais pré-históricos que habitavam nosso estado.


 O Parque Estadual Dunas de Natal "Jornalista Luiz Maria Alves", mais conhecido simplesmente como Parque das Dunas ou Bosque dos Namorados, é uma reserva de 1.172 hectares de Mata Atlântica situada no coração da cidade de Natal, capital do estado brasileiro do Rio Grande do Norte. É administrado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (Idema).

Criado através do Decreto Estadual nº 7.237 de 22 de novembro de 1977, o Parque das Dunas foi a primeira unidade de conservação ambiental implantada no estado do Rio Grande do Norte. É parte integrante da reserva da biosfera da Mata Atlântica reconhecida pela UNESCO e, por isso, declarada Patrimônio Ambiental da Humanidade. O parque distribui-se por vários bairros da zona sul e leste da cidade, se estendendo ao longo da Via Costeira, onde abriga também o Centro de Convenções de Natal.

Considerado o segundo maior parque urbano do Brasil (superado apenas pela Floresta da Tijuca), exerce uma grande importância na regulação do clima local, contribuindo com a recarga do aqüífero subterrâneo, fixação das dunas e purificação do ar, além de ser uma paisagem belíssima para a cidade.

Para a Professora Auridete foi uma enriquecedora experiência que “possibilitou aos nossos alunos aprenderem  muito mais sobre a história e turismo do nosso estado”

ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL ROSA PIGNATARO VISITAM O MUSEU NÍSIA FLORESTA

Estudantes das primeiras séries do Ensino Médio da Escola Estadual Rosa Pignataro Delgado do Município de Nova Cruz, através das ações do Projeto de Inovação Pedagógica – PIP visitam na manhã desta quarta-feira (08) o Museu Nísia Floresta.
Com o tema, Turismo Sustentável para o Desenvolvimento o projeto levou os alunos a uma aula de campo em pontos turísticos de Nísia Floresta, como a Igreja de Nossa Senhora do “O”, a árvore Baobá de Nísia Floresta, o Museu de Nísia Floresta e a Lagoa do Carcará.
Cerca de 50 alunos acompanhados pelas Professoras Jamile, Rafaelly e Roselia, além da coordenadora Pedagógica Ivanilda Vieira e o Diretor, Prof. George, puderam conhecer alguns pontos turísticos daquela região e a história de vida e obra da escritora Nísia Floresta. A autora além de dá nome ao município é reconhecida internacionalmente pela luta em defesa das mulheres e minorias em pleno século XIX.
Durante a visita orientada, os alunos conheceram também as exposições Feira Livre e Praia da Redinha realizada pelo Projeto RPTV: Educação, Cultura e Comunicação com a participação de alunos das escolas públicas.
A Exposição Feira Livre Foi desenvolvida com a participação de alunos da Escola Municipal Professor Humberto Gama – PHG de Currais Novos.
A exposição sobre a Redinha tem como tema: Fotografia – Entrelaçando imagens, olhares e dizeres  na escrita de crônicas. Essa exposição é fruto de duas oficinas de fotografia e crônicas realizadas com alunos da Escola Estadual Dom Adelino Dantas Zona Norte de Natal.
Esse trabalho documentou a praia da Redinha, no litoral potiguar, associando as imagens com crônicas de autores potiguares e dos próprios alunos.
Para a Professora Jamile foi uma enriquecedora experiência que “possibilitou aos nossos alunos aprender muito mais sobre a história de Nísia Floresta”
 

A visita também foi registrada na fan page do Museu de Nísia Floresta no Link: https://www.facebook.com/MuseudaFloresta/photos/rpp.825481290889945/1462368377201230/?type=3&theater
A imagem pode conter: 1 pessoa

PROFESSORES DA EE ROSA PIGNATARO ADERIRAM A PARALISÇÃO DO DIA 24

Servidores de diversas categorias do funcionalismo estadual, inclusive os da educação, protestaram na manhã desta terça-feira (24) em frente à Governadoria. O protesto teve como alvo os rotineiros atrasos de salários, o desmonte dos serviços públicos e o pacote econômico e fiscal enviado pelo governo à Assembleia Legislativa na semana passada.


Cerca de 2 mil pessoas lotaram o Centro Administrativo de Natal. O ato se iniciou no meio da manhã e se estendeu até o início da tarde sob o intenso sol da capital potiguar. Trabalhadores em educação, enfermeiros, médicos, dentistas, policiais civis e militares, entre outras categorias, gritaram palavras de ordem contra os desmandos da gestão Robinson Faria. Um boneco gigante representando o governador e que trazia as palavras “Morte dos serviços públicos” e “Fora, Robinson” foi usado durante a atividade. O roteiro de outros atos se repetiu, pois quando procurado pelo Fórum o governador não estava no Centro Administrativo, e a Governadoria estava cercada por grades na rampa de acesso. Policiais civis fixaram cruzes pretas no gramado do Centro Administrativo em protesto contra os mais de 2 mil assassinatos no Rio Grande do Norte neste ano de 2017.

Uma comissão composta por dirigentes dos sindicatos que compõem o Fórum tentou uma audiência imediata com a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes. Apesar da pressão do Fórum dos Servidores, a chefe do Gabinete Civil só aceitou receber a comissão no período da tarde.

FÓRUM REÚNE-SE COM GABINETE CIVIL E SEC. DE PLANEJAMENTO
Após o ato, no meio da tarde, o Fórum dos servidores se reuniu com a chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes, e o secretário de planejamento, Gustavo Nogueira. Porém, a audiência não trouxe nada novo. O governo voltou a alegar a crise financeira. Nem mesmo uma audiência solicitada pelo Fórum com o governador foi agendada.

SINDICATOS SE REÚNEM NESTA QUINTA-FEIRA (26) PARA DEBATER A LUTA
O Fórum dos Servidores vai se reunir nesta quinta-feira (26), às 14h, na sede do SINAI-RN, para tratar do calendário de luta dos servidores. O dia nacional de lutas, agendado para 10 de novembro, também será ponto de pauta do encontro dos sindicatos.

REVITALIZAÇÃO DO PIBID NA EE ROSA PIGNATARO


Sob coordenação da Professora Midori Hijioka Camelo e Supervisão da Professora Rafaelly Paiva, desde o dia 10 de Setembro de 2017, o PIBID conta com as atividades dos discentes bolsistas do curso de Química EaD da UFRN do Polo de Nova Cruz, Arian Dantas, Ariele Mauricio, Endrew, Levinson Douglas, Mara Lissa, Vanuzia Cosme, os mesmos fazem atendimento a 32 alunos da Escola Estadual Rosa Pignataro.

A Professora Midori Hijioka Camelo é Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); ministra aulas nos cursos de Licenciatura (Física e Pedagogia). É formadora do Programa Continuum (Rede Nacional de Formação Continuada de Professores ? MEC). Professora do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática (PPGECNM). Coordenou Programa de Extensão do MEC/Sesu na UFRN. Foi professora da SEE-SP, SME-SP e do Centro Paula Souza (CEETPS) da Educação Básica e Técnica. Atuou como formadora no Programa ABC-na Educação Científica-Mão na Massa através do Ensino de Ciências Baseado na Investigação (ECBI) ou Inquiry Based Science Education (IBSE) pela Estação Ciência ? Centro de Difusão Científica, Tecnológica e Cultural da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo - USP. Graduada em Física (Licenciatura e Bacharelado) com mestrado e doutorado em História da Ciência.

Suprindo a necessidade da escola, o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) promove mudanças positivas na formação inicial dos professores contemplados, de forma que possibilita aos futuros profissionais docentes reflexões sobre o campo da educação e também possibilita que os mesmos compreendam a realidade escolar na prática.

Vale salientar que o objetivo central do PIBID é a inclusão das diversas atividades que proporcionam a aprendizagem a partir de diferentes instrumentos e metodologias de ensino, estimulando a docência através de intervenções realizadas em escolas públicas. As atividades práticas têm como função principal fazer com que os próprios estudantes resolvam os problemas e obstáculos que lhes são colocados na perspectiva de potencializar a autonomia dos mesmos.

Portanto, ao proporcionar atividades práticas que apresenta caráter investigativo, o professor inova suas aulas de ciência e ainda proporciona maior interatividade entre os estudantes, assim como os familiarizam com o meio científico.

Proporcionar aos estudantes a aprendizagem significativa e autonomia para lidar com situações cotidianas, assim como despertar o interesse dos educandos em práticas da disciplina química no Ensino Médio, têm sido pontos amplamente comentados no campo da educação. Para tanto, é primordial que sejam desenvolvidos e trabalhados diversos métodos e estratégias para o êxito do processo ensino-aprendizagem, sempre relacionando o cotidiano com os conteúdos discutidos nas práticas.

sábado, 11 de novembro de 2017

REUNIÃO PARA O NOVEMBRO PRETO EM NOVA CRUZ

Dia 20 de Outubro de 2017, reuniram se no Laboratório da Escola Estadual Rosa Pignataro os representantes da 3ª DIRED, EE Alberto Maranhão, EE Djalma Marinho, EE Rosa Pignataro e o Professor Francinaldo Soares e sua esposa Lene Rosa, para programar as ações do NOVEMBRO PRETO, CONTRA O RACISMO E INTERLIGANDO SABERES, com o intuito de valorizar e respeitar o povo afrodescendente, envolver a comunidade escolar de forma mais eficaz, e enquanto instituição transformadora promover no espaço escolar o respeito às diferenças.
Dentre os muitos objetivos propostos pelos professores, além de ler e conhecer os aspectos da história afro-brasileira, ressalta-se o anseio em despertar o interesse para combater o racismo.

REUNIÃO DO CONSELHO ESCOLAR

Na terça-feira, 17 de outubro de 2017, houve reunião do conselho escolar da Escola Estadual Rosa Pignataro, juntamente com os alunos líderes de sala e professores para tratar de assuntos relacionados ao Ensino Médio em tempo Integral.
O professor Valclécio Torres, Presidente do Conselho Escolar, apresentou para toda comunidade escolar á Medida Provisória 746 e a Portaria nº 1.145, de 10 de outubro de 2016.
Diante dos fatos apresentados, toda comunidade escolar manifestou preocupação com a estrutura da escola, a qual não apresenta suporte para atender as demandas do ensino médio em tempo integral, pois a escola não dispõe de um refeitório adequado, banheiros, sistema hidráulico, sistema de refrigeração, pois as salas de aula não tem climatizadores, o que de certa forma impediria que os alunos e professores tivessem bom rendimento em sala de aula.
O Diretor da Instituição, prof. George, esclareceu para toda comunidade escolar que desde o ano de 2015 a Escola Estadual Rosa Pignataro vem apresentando problemas na rede elétrica e nenhuma reforma foi iniciada por parte do estado, então mesmo que a escola conseguisse climatizar todas as salas a rede elétrica não suportaria tantos equipamentos funcionando, para isso seria necessário uma reforma geral na instituição, pois só através dessa reforma é que poderíamos ter capacidade de funcionar com o Ensino Médio em tempo integral.
Também ressaltou que o projeto da reforma já está todo pronto na Secretaria de Educação do Estado do RN, e que na verdade é um sonho para nossa instituição, porém não temos datas previstas para que essa reforma aconteça, o que preocupa bastante a gestão, pois não sabemos até quando teremos recursos o suficiente para fazer as manutenções na rede elétrica e manter a escola funcionando.
Vários líderes de sala questionaram a questão do transporte, alimentação, professores, melhoria na escola, pois os mesmos através de uma análise crítica, perceberam o quanto é preocupante iniciar um projeto sem estrutura para suportar seu funcionamento.


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

FESTIVAL DE DANÇA NA EE ROSA PIGNATARO

Promovido pela professora Paula Medeiros (Ed. Física) e as alunas estagiárias do curso de Educação Física da Unopar, na segunda-feira (16) de outubro de 2017, na Quadra poliesportiva da Escola Estadual Rosa Pignataro, foi realizado o Festival de Danças. Um evento cujo objetivo principal é Promover um evento democrático de ampla participação dos alunos que incentive a prática da dança como expressão artística e contribuindo para a difusão cultural e desenvolvimento regional.
Os alunos da EE Rosa Pignataro deram um show de dança e emoção,
O espetáculo surpreendeu em criatividade, beleza e originalidade.
Houve apresentações do Grupo de Capoeira cordão de ouro, organizado por nossos próprios alunos, a apresentação do grupo Love Dance, freesptep, swingueira e musica eletrônica.

Para o Prof. George, Diretor da escola, um evento como esse servirá como um momento de entretenimento da comunidade escolar e de promoção cultural, onde todos os alunos poderão estar presentes para se divertirem de forma saudável.

Além disso, a participação de estudantes em um evento artístico-musical assim pode servir como meio de aprendizagem prazerosa e para o desenvolvimento da consciência do movimento e da arte da dança.

sábado, 28 de outubro de 2017

CONDOLÊNCIAS

       Falecimento do Senhor Jorge Gomes, avô de George Gomes, Diretor da Escola Estadual Rosa Pignataro.


   O cortejo sairá de sua residência na Rua Assis Chateaubriand, 827, as 15:00h do domingo, 29 de Outubro... A missa será celebrada na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição as 15:30h...

      A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. Nunca poderemos entender o porquê de um ente amado ter que partir. A dor que sentimos é imensurável. Nestas horas não há nenhuma palavra que possa ser dita que seja capaz de confortar os nossos corações. Tudo parece perder o sentido e ficar pequeno diante de tamanho sofrimento.

     A única coisa que nós, amigos e familiares, podemos fazer é nos colocarmos à disposição para ouvir no momento em que quiserem falar, e oferecer os nossos ombros e coração amigo para apoiar vocês. Não há nada capaz de reparar uma perda como esta, mas em nome da amizade e amor de quem fica, e em honra da memória de quem se foi, é preciso continuar vivendo. É preciso transformar o luto em uma luta pela vida e pela felicidade, e transformar a dor em saudade e serenidade. 

       Os nossos mais sinceros pêsames!

       Todos que fazem a Escola Estadual Rosa Pignataro